Mostrando postagens com marcador Culinária Japonesa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Culinária Japonesa. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Receita Sashimi



















Ingredientes

-500 gr de filé de atum ou robalo fresco cortado em um só pedaço (nunca use peixe congelado)
-1 pedaço de raiz-forte fresca (ou use wasabi comprado pronto)
-Daikon, cenoura ou salsão (aipo) cortados em tiras para decorar
-6 colheres (sopa) de shoyu.

Acompanhamentos:


-1 pedaço de daikon
-1 cenoura média
-1 talo de salsão.

Preparo

Com uma faca de lâmina grossa e afiada corte o filé de peixe de acordo com uma das quatro técnicas básicas indicadas a abaixo:
Hira giri: segure o filé de peixe firmemente e corte em fatias de 0,5 cm de espessura e 2,5 cm de altura. Serve para todos os filés de peixe.
Kaku giri: corte o peixe em fatias, como ensinado e, em seguida corte as fatias em cubos de 1 cm de lado, Esta técnica serve principalmente para o atum.
Ito zukuri: corte o peixe em fatias de 0,5 cm e, em seguida corte as fatias em tiras de 0,5 cm de largura. Serve principalmente para peixes pequenos e lulas.
Uzu zukuri: segure firmemente o peixe na superfície de trabalho e corte em lâminas (como folhas de papel) quase transparentes. Serve principalmente para filés de pargo e perca.

Cubra o lado fino do ralador com filme plástico e passe a raiz-forte, fazendo movimentos circulares (você deverá obter 2 colheres (chá) de raiz-forte ralada).
Coloque as fatias (ou cubos, tiras ou lâminas) de peixe em um prato grande de servir (ou distribua em pratos individuais), arrumando de maneira decorativa, guarneça com a raiz-forte ralada, tiras de daikon, cenoura ou salsão, cubra com filme plástico e leve à geladeira por, no máximo, 1 hora.
Distribua o shoyu em 4 tigelinhas individuais e reserve.


Modo de preparo dos Acompanhamentos:

Descasque o daikon, corte em tiras bem finas, ponha em uma tigela e cubra com água fria.
Raspe a cenoura, faça o mesmo e repita o procedimento com o talo de salsão.

Na hora de servir, escorra os legumes e coloque em tigelinhas, tire o sashimi da geladeira e leve à mesa acompanhado do shoyu reservado e dos legumes.
Se quiser, misture um pouco de raiz-forte no molho antes de passar o peixe.

Rendimento: 4 porções.

HISTÓRIA DO SASHIMI
Antigamente, nas regiões de Quioto e Osaka (berço da culinária japonesa), apenas um tipo de peixe, por vez, era degustado em forma de sashimi. Pois, para apreciar bem o sabor, não se podia ter a interferência de outros sabores. Com o passar do tempo, essa prática foi deixada de lado e a combinação de vários peixes (cores e sabores diferentes) numa única travessa tornou-se mais comum.
Mas há controvérsias sobre a verdadeira origem do sushi e do sashimi. Uma outra corrente diz que pelo fato dos primeiros habitantes do arquipélago (há cerca de 8.000 anos) usaram boa parte de seu potencial energético (florestas, madeira), já que não existiam outras fontes como carvão mineral, gás ou petróleo. Então, os peixes e outros frutos do mar passaram a ser consumidos crús, acompanhados de shoyu (molho de soja), wasabe (raiz forte – um bactericida natural), vegetais e arroz.
Inicialmente os peixes eram consumidos em fatias (sashimi) ou acompanhados e arroz (niguiri-zushi), depois, diz a lenda, na cidade de Tekka, uma espécie de jogo de cartas fez com seus jogadores solicitassem a colocação de folhas de alga sobre o alimento para que não sujassem as mãos e o baralho.
Outra teoria diz que o arroz era utilizado para preservar o peixe e era descartado na hora de comer. Mas com o tempo, alguns passaram a apreciar o sabor deste arroz, o que deu origem ao sushi. 
No Japão, o sushi chegou vindo da China por volta do anos 700. Procurando melhorar a preservação do peixe, foi introduzido o vinagre no arroz. Cobria-se o arroz : cobria-se o arroz temperado apenas com vinagre, com o peixe cru, colocava-se numa caixa de madeira com um peso por cima para comprimi-lo. Deixava-se descansar por um dia antes de ser consumido. Este tipo de sushi era conhecido como oshi-zushi ou hako-zushi. 
O sushi mais conhecido e popular, chamado nigiri-zushi, apareceu somente no período Edo (1603-1868), em torno de 1800. Nos arredores de Tóquio, as pessoas com uma vida cada vez mais agitada, petiscavam o nigiri-sushi como uma opção de fast-food na entrada dos estabelecimentos, nas ruas ou à beria de estradas. O método de preservação deu lugar ao conceito de frescor e rapidez para servir.
Sayonara! 
Curiosidade: Apesar do sashimi ser um filé de peixe fatiado, a denominação Kirimi que para os samurais da Era Kamakura (1185-1333) significava cortar o corpo e seria a denominação mais exata para “carne fatiada”, não foi utilizada.
FONTE: http://www.sashimisecret.com

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Uguisu-moti


Por: Henrique Musashi

Ingredientes


• 1 xícara (chá) de açúcar.
• 1 ½ xícara (chá) de polvilho doce.
• 2 ½ xícaras (chá) de água.
• ½ xícara (chá) de farinha de arroz.
• 2 a 3 gotas de corante vegetal verde.
• Anko (doce de feijão) para o recheio, enrolado em pequenas bolinhas.


Modo de preparo


1. Com exceção do anko, bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma mistura homogênea.
2. Transfira a mistura obtida para um recipiente refratário.
3. Leve-o ao microondas por 4 a 6 minutos, misturando de minuto a minuto, até dar o ponto para enrolar.
4. Polvilhe o amido de milho em uma travessa.
5. Com a ajuda de duas colheres molhadas em água, vá depositando na travessa pequenas porções do moti pronto.
6. Coloque as bolinhas de anko no centro das porções de moti.
7. Vá fechando cada bolinho de moti, enrolando-o primeiramente em formato circular.
8. Para finalizar o formato do uguisu-moti, aperte as laterais de cada bolinho.





Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.




domingo, 12 de junho de 2011

Kashiwamochi

     Kashiwamochi são os bolos de arroz envolto em Kashiwa (carvalho japonês) folhas. Kashiwamochi são doces tradicionais japoneses comidos no Dia das Crianças japonês, que é 05 de maio. 
     Este dia é festa garoto japonês chamado tangonosekku (festival do tango). É tradicionalmente o dia para comemorar e rezar pela saúde dos meninos.
.

   Assim como o “Hina Matsuri” do dia 3 de março, ele também é muito apreciado pelas crianças. A grande carpa voadora (Koinobori), feito de papel ou tecido, é colocada no telhado ou defronte às casas onde moram meninos.


Rendimento: 6 unidades

Ingredientes:
  • 04/03 joshinko xícara (farinha de arroz)
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 6 colheres de sopa de água quente
  • 1 colher de sopa katakuriko (fécula de batata), misturado com 2 colheres de sopa de água
  • 3 / 4 xícara de anko (pasta doce de feijão azuki)
  • * Para a decoração
  • 6 Folhas de Kashiwa, (disponível em casas de produtos de artesãos)

Preparação:

   Coloque a farinha de arroz joshinko e o açúcar numa tigela. Adicione a água quente aos poucos e sove a massa até que se torna tão suave como os lóbulos das orelhas. 
      Coloque um pano de algodão fino molhado em um navio. 
   Divida a massa em pedaços pequenos e coloque sobre um pano. Vapor a massa por cerca de 15-20 minutos em fogo médio. 
    Retire a massa cozinhado para uma tigela e amasse com um pilão de madeira. 
   Quando é arrefecido, amassar a massa com as mãos. Adicionar katakuriko e mistura de água na massa aos poucos, amassando com as mãos. 
     Divida a massa em 6 bolas. Apartamento cada massa pelas mãos e coloque uma pequena bola de anko recheio sobre a massa. Dobre a massa ao meio para fazer um bolo semicircular, selando a borda. Repita o processo para fazer mais bolos de arroz. 
  Ponha novamente as bolos de arroz no vapor em fogo alto por aproximadamente 10 minutos. 
  Retire os bolos de arroz do vapor e deixe esfriar. Envolva cada bolinho de arroz com uma folha de Kashiwa, se disponível. Desembrulhe antes de comer o bolo de arroz. Kawashiwa folhas são usadas para decoração.


Fonte: http://japanesefood.about.com/od/japanesecake/Japanese_Cake.htm




Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.




 

terça-feira, 12 de abril de 2011

Daifuku (Tradicional)

     Daifuku é uma espécie de bolos japoneses. Esta é uma receita para fazer daifuku básica com anko (pasta doce de feijão azuki) de enchimento.

Tempo de preparação: 2 horas
Tempo de cozedura: 30 minutos
Tempo: 2 horas, 30 minutos
Rendimento: Para 12 pedaços

Ingredientes:
  • 1 xícara Shiratama-ko (farinha de arroz glutinoso)
  • 1 / 4 de xícara de açúcar
  • 2 / 3 de xícara de água

* Para o enchimento
  • 2 / 3 de xícara de água 
  • 1 xícara de açúcar 
  • 1 / 2 xícara de pó seco anko, ou 1 1 / 4 xícara premade anko

* Katakuriko amido de milho (amido de batata) ou para polvilhar

Preparação:

  1. Aqueça 2 / 3 xícara de água e 1 / 2 xícara de açúcar em uma panela pequena. Adicione 1 / 4 xícara de pó de anko e mexa bem. Esfrie a anko enchimento. 
  2. Faça 12 bolas anko pequenos e reserve. Coloque shiratamako em uma tigela resistente ao calor. Misture a água eo açúcar numa tigela pequena e, gradualmente, despeje em ko Shiratama, mexendo bem. 
  3. Coloque a tigela no microondas e aqueça a massa por cerca de dois minutos. Misture a massa.Aqueça a massa de pão em forno de microondas até a massa inflar. Mexa o mochi rapidamente. Poeira pan um apartamento com algumas KATAKURI amido-ko. Além disso, as mãos a poeira com algumas ko KATAKURI. Retire o mochi quente da tigela para a panela com as mãos. 
  4. O mochi é quente e pegajosa, por isso, tome cuidado para não queimar as mãos. Polvilhe com as mãos mais amido KATAKURI-ko ​​e dividir o mochi em 12 pedaços pelas mãos. Faça 12 mochi planas e redondas. Coloque um pedaço de anko enchimento em um mochi e embrulhe a anko esticando mochi. Arredonda o daifuku. Repita o processo para fazer mais peças.
Fonte:
http://japanesefood.about.com/od/japanesecake/Japanese_Cake.htm




Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.



 

quinta-feira, 31 de março de 2011

Teriyaki de Carne


     Teriyaki de carne é um dos meus pratos favoritos. A doçura do molho e da textura da carne faz desta uma refeição maravilhosa, ou mesmo um lanche nutritivo. Basic molho teriyaki geralmente pode ser encontrado na seção étnica de sua mercearia local. Há uma variedade de marcas para escolher ou você pode fazer e guardar na geladeira. Para esta receita, eu usei "Kikkoman molho teriyaki".  
     Este é um molho fino, muito regular, como a soja, mas com um toque de doçura. Experimente esta receita com este molho delicioso, e depois experimentar com outras marcas e ver qual deles você mais gosta. Vamos saber o que é o seu favorito no fórum comida chinesa. Divirta-se! 

Ingredientes:
600 g carne magra 

Para o "Escabeche":
1 colher de sopa de molho de soja 
1 colher de sopa de xerez 
¼ colher de chá de sal 
½ colher de sopa de açúcar 

Outros:
2 colheres de sopa de amido de milho 
6 colheres de sopa de molho teriyaki 
1 colher de sopa de mel 
½ colher de chá de sal de alho 
2 colheres de chá de açúcar 
2 colheres de sopa de óleo de amendoim 

Preparo:
  1. Retire toda a gordura da carne e corte em tiras finas de cerca de 2 ½ polegadas de comprimento e 1 cm de espessura. Certifique-se de cortar a carne em todo o grão. Isso ajudará a torná-la macia no prato final. Coloque as tiras de carne em um grande recipiente com uma tampa apropriada apertada a marinada.
  2. Usando suas mãos, misture a marinada na seguinte ordem. Primeiro misture o molho de soja e, em seguida, o xerez certificando-se de misturar os dois bem. Em seguida, polvilhe o sal e açúcar, certificando-se a bater cada pedaço. Cubra e deixe marinar em temperatura ambiente por 1 hora.
  3. Em uma xícara pequena, misture o amido de milho com apenas um pouco de água até dissolver e reserve.
  4. Em outro copo grande, misture o molho teriyaki, mel, alho, sal e açúcar. Mexa bem até que o mel é misturado no molho.
  5. Uma vez que a carne tem marinada, aqueça uma panela grande pau não wok ou em alto e acrescente o azeite. Uma vez que o óleo estiver quente adicione a carne e frite por cerca de 2 a 3 minutos. O líquido pode formar no fundo da frigideira. Isso é ok para este prato especial, no entanto, para a maioria das receitas que nós não queremos esse líquido para formar enquanto a carne está sendo cozida. Na maioria das vezes é causado por ter muita carne no wok ao mesmo tempo. Para atenuar este em outras receitas, basta cozinhar a carne em lotes.
  6. Adicione a mistura de teriyaki e frite por mais um minuto, misturando tudo juntos completamente. Em seguida, adicione a mistura de maisena e mexa até que a maior parte do líquido tenha evaporado eo molho engrossar e revestido da carne.
  7. Sirva com um arroz branco ou frito. Faz 2 porções generosas.


Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.




 

segunda-feira, 21 de março de 2011

Molho Teriyaki


INGREDIENTES

1 colher de sopa de açúcar mascavo
1 colher de chá de gengibre bem picadinho
1 colher de chá de saquê culinário (Azuma Mirin)
1 colher de chá de vinagre de arroz
3 colheres de chá de shoyu (molho de soja)
1/2 colher de sopa de amido de milho

 PASSO A PASSO
Numa panela ; coloque o açucar e leve ao fogo baixo .
quando dereter e começar a carmelizar ; acresene o gengibre picado retre do fogo e com cuidado junte o saque o vinagre de aroz eo shoyu leve de volta ao fogo emexa bem ate obter uma mistua liza 
dissolva o amdo de milho em 1/4 de xicara (cha) de agua aos poucos acresente a mitura a panela mexendo sempre para não empolar o molho quao engrossar deslique o fogo e tampe reserve.


Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.



x


 

quinta-feira, 10 de março de 2011

Molho de Gengis Khan

Ingredientes:
  • 1 cabeça de alho
  • 1 pedaço de gengibre (do tamanho da cabeça de alho, ou mais, se preferir - para um sabor um pouco mais ardido)
  • 1 maçã
  • 5 folhas de acelga
  • 1 copo (daqueles de iogurte) de shoyu
  • 3/4 copo (iogurte) de sake
  • 4 colheres de sopa de ajinomoto
  • maisena

Modo de preparo:

  1. Bata tudo no liquidificador, exceto a maisena.
  2. Vire o molho numa panelinha e reserve.
  3. Do que sobrou no liquidificador, jogue um pouco (3/4 do copo de iogurte) de água para "limpar" e vire tudo no copo e junte um pouco de maisena.
  4. Coloque o molho no fogo e vá misturando com essa água até engrossar um pouco, de acordo com a sua prefrência.
  5. O molho está pronto!
Esta é a grelha apropriada!

Dicas:

  • Sirva com grelhados - carne em fatias (filé mignon) e legumes fatiados (repolho, abóbora, abobrinha, berinjela, quiabo, cebola, pimentão, abobrinha etc).
  • Existe uma panela de grelhar com tampa própria para este prato, mas uma grelha comum é suficiente.


Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.




 

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Ninjin Jamu - Geléia de Cenoura

 
Ingredientes:
* 2 cenouras (300g) descascadas e raladas
* 1 maçã descascada e ralada
* ½ suco de um limão
* 400g de açúcar

Modo de Preparo:
1. Coloque o suco de limão em uma panela esmaltada.
2. Acrescente a cenoura, a maçã e o açúcar, e misture.
3. Leve ao fogo alto até que comece a cozinhar.
4. Abaixe então o fogo e vá retirando a espuma que vai se formando na superfície.
5. Deixe cozinhando desta forma e mexa apenas de vez em quando.
6. Quando estiver com uma consistência mais sólida, abaixe o fogo e guarde em um pote de vidro esterilizado.


*aprox 15 porções



Painappuru Kinton (Doce de Abacaxi com Batata Doce)


Ingredientes:

* 400 a 450g de batata doce sem casca cortadas em rodelas de 2cm
* 150g de açúcar
* 6 a 8 fatias de abacaxi em calda picado
* ½ a 2/3 copo de calda do abacaxi
* 1 ½ colher de sopa de manteiga

Modo de Preparo:

1. Deixe as batatas submersas na água durante 1 hora.
2. Em uma panela com água, leve as batatas para cozinhar em fogo alto e, assim que levantar fervura, abaixe o fogo, e cozinhe por mais 3 a 4 minutos.
3. Assim que as batatas estiverem cozidas, retire imediatamente toda a água.
4. Polvilhe 2/3 da quantidade de açúcar nas batatas (isso fará com que o purê fique bem liso ao passar pela peneira).
5. Com o auxílio de uma colher, passe as batatas pela peneira.
6. Acrescente o caldo do abacaxi, o restante do açúcar e leve para engrossar, mexendo sempre para não grudar no fundo da panela.
7. Retire a panela do fogo, acrescente o abacaxi picado e a manteiga, não esquecendo de dar uma leve mistura.

Rendimento: 4 porções


Kinami Awayuki - Espuma de Neve


Ingredientes:

* ½ envelope (5g) de kanten em pó
* 2 xícaras de água
* 200g de açúcar
* 2 gemas
* 2 claras em neve
* 5 gotas de baunilha

Modo de Preparo:

1. Dissolva o kanten em 2 xícaras de água fria, leve ao fogo brando e ferva por 3 minutos.
2. Acrescente o açúcar e ferva bem por mais alguns minutos até que comece a ficar viscoso.
3. Acrescente nas claras em neve as gemas e a baunilha e vá misturando aos poucos o kanten ainda quente, batendo sempre.
4. Leve novamente ao fogo e cozinhe até que as gemas estejam cozidas.
5. Retire do fogo e continue batendo até ficar bem cremoso.
6. Despeje num pirex que esteja dentro de um tabuleiro com água gelada.
7. Coloque na geladeira, deixe endurecer, corte em pedaços e sirva gelada.

Obs.:
* O ágar-ágar endurece em temperatura ambiente e mesmo retirado da geladeira permanece consistente.
* Cozinhe bem o ágar-ágar para que não crie a separação das claras com o restante da mistura.
* A receita refere-se ao kinami awayuki clarinho, na foto.
* O escuro contém azuki (feijão doce japonês) que, além de preparo complexo, costuma não agradar ao paladar brasileiro.



Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.





 

Koon Kuriimu Suupu (Sopa Cremosa de Milho)

Ingredientes:
* 2 espigas de milho verde

* ½ cebola picada

* 2 copos de leite
* 3 colheres de sopa de creme de leite

* ½ tablete de caldo de galinha

* 1 colher de sopa de margarina

* 2 xícaras de água morna

* sal e pimenta do reino

* salsinha

Modo de Preparo:
1. Retire os grãos de milho separando-os da espiga com uma faca (como se estivesse cortando). Mas não há a necessidade de raspá-los. Reserve.

2. Derreta a manteiga em uma panela e acrescente a cebola. Refogue até que fique bem minguado.

3. Coloque então os grãos de milho e refogue.

4. Acrescente o caldo de galinha diluído em 2 xícaras de água morna e abaixe o fogo assim que começar a ferver. Tampe e deixe cozinhando por mais 20 minutos.
5. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco.
6. Bata no liquidificador.

7. Volte a mistura à panela, acrescente o leite e deixe até que ferva.

8. Tempere com sal e pimenta do reino.

9. Por último acrescente o creme de leite e esquente (sem deixar que ferva) e retire do fogo.

10. Passe para uma tigela e sirva decorado com salsinha picada.



*Aproximadamente 222 calorias por porção.

Rendimento: 4 porções

Chawan Mushi - Pudim Salgado ao Vapor Suave

 
É uma espécie de pudim, no entanto salgado, que derrete na boca, deixando um sabor inigualável. Vale a pena experimentar!

Ingredientes:

* 4 camarões pequenos e limpos (sem as vísceras e descascados, deixando apenas a cauda e o último segmento junto dela)
* 3 ovos
* 80g de sobrecoxa sem pele e em pedaços de 3cm
* 4 shiitake frescos sem os talos
* 1 vagem cortada na diagonal e cozida
* Sal e shoyu a gosto

Caldo

* 3 xícaras de água
* ½ colher de chá de sal
* 1 colher de chá de shoyu
* 1 colher de chá de sakê
* 1 pacote de hondashi

Modo de Preparo:

1. Leve os ingredientes do caldo ao fogo até que o sal dissolva e deixe esfriar.
2. Coloque algumas pitadas de sal no frango.
3. Misture e reserve.
4. Tempere os camarões com shoyu.
5. Misture e reserve.
6. Com o auxílio de uma faca, desenhe levemente um 'X' na parte externa de cada shiitake para enfeitar e reserve.
7. Num recipiente, misture bem os ovos. No entanto, jamais chegue a bater para que não faça espuma.
8. Acrescente aos ovos o caldo reservado e misture delicadamente.
9. Passe essa mistura por uma peneira bem fina ou coe com um pano limpo.
10. Divida os camarões, a carne de frango, a vagem e os shiitake - com os 'X' virados para cima - em quatro partes iguais e coloque cada parte em uma xícara ou em uma tigela de vidro resistente ao calor.
11. Acrescente delicadamente a mistura dos ovos nas xícaras (ou tigelas) deixando um espaço de 1cm até a borda. Caso haja alguma espuma, é necessário retirar com uma colher.
12. Coloque para cozinhar 2 recipientes de cada vez no mushiki, utilizando de 1cm a 1,5cm de água. Se você não possuir um mushiki, utilize uma panela de banho-maria comum.
13. Embrulhe a tampa da panela em um pano de prato, para evitar que as gotas de água da parte interna da tampa pinguem sobre o Chawan Mushi. Importante: prenda as pontas do pano de prato com um pregador de roupas, para não deixar que elas se queimem.
14. Leve ao fogo alto até que a água comece a ferver.
15. Imediatamente, abaixe bem o fogo. Caso contrário, seu Chawan Mushi poderá virar um autêntico queijo suíço, todo furadinho. O segredo desta receita está em dar uma consistência uniforme ao prato.
16. Cozinhe assim durante 10 a 12 minutos, ou até que, ao enfiar um palito no Chawan Mushi, não saia mais líquido do orifício formado.

Dicas:
* Este prato combina muito bem com um Tempura (Empanados).
* Ótimo para ocasiões especiais, pelo seu aspecto colorido e requintado.
*Tem aproximadamente 169 calorias por porção.
Fonte: Revista Nihon Ryoori
Rendimento: 4 porções




Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.




 

Ozooni



     Ozooni é um dos pratos típicos de Ano Novo, servido neste dia como oferenda aos Deuses e para trazer saúde, felicidade e fortuna no novo ano. Ah! É ótima sugestão para quem faz dieta.

Ingredientes:

* 1 litro de água
* 10 cm de kombu(alga)
* 1 colher de chá de hondashi
* 2 colheres de chá de usukuchi shoyu
* 2/3 colher de chá de sal
* 1 colher de sopa de sake
* 4 a 5 mochi
* fatias finas de nabo
* horenso (espinafre japonês)
* cebolinha cortada em tiras finas

Modo de Preparo: 
 
1. Coloque o pedaço de kombu numa panela com 1 litro de água e deixe por 3 horas
2. Coloque o horenso em água quente e retire-o em seguida, somente para dar cor.
3. Reserve
4. Corte o nabo em tiras finas e cozinhe até amolecer um pouco.
5. Reserve
6. Leve ao fogo a panela com água e kombu, deixe ferver e retire o pedaço de kombu
7. Acrescente o shoyu, hondashi, sal e sake.
8. Coloque o nabo e o mochi, cozinhe de 3 a 5 minutos.
9. Sirva cada porção em uma tigela, devendo cada uma conter o mochi
10. Acrescente o horenso e cebolinha por último sobre a sopa
Obs.: * Os ingredientes do ozooni podem variar de região para região, ou mesmo variação da receita de cada família.
Alguns podem incluir tofu, cenoura, frango, camarão, etc.
* O mochi, pode ser colocado diretamente na sopa e cozir ou pode ser tostado antes de colocá-lo na sopa.
* O horenso e a cebolinha mantém seu melhor sabor colocando-os por último.


Rendimento: 4 a 5 porções

Informação nutricional: aproximadamente 79 calorias por porção.

Tarê - Molho para assados



 


Ingredientes:



* 1/2 copo de mirin

* 1/2 copo de shoyu

* 2 colheres de sopa cheias de açúcar

* 1/2 colher de chá de glutamato monossódico




Modo de Preparo:



1. Junte todos os ingredientes numa panela

2. Leve a mistura ao fogo e deixe ferver por 10 minutos

Rendimento: 1 porção






Pacotes e Passagens aéreas e Hospedagem
Nacional e Internacional, viagens coletivas, aluguel de carros 
e muito mais. Tudo em um só lugar com o melhor preço.


 

domingo, 29 de novembro de 2009

Sekihan



Ingredientes
1 xícara de feijão azuki
4 xícaras de água
2 xícaras de arroz
1 colher (chá) de sementes de gergelim preto
1 colher (chá) de sal
1 pitada de aji-no-moto 

Preparo
De véspera coloque o feijão em um escorredor, lave em água corrente, escorra, passe para uma panela com capacidade para 10 xícaras, cubra com água, leve ao fogo alto, deixe ferver, assim que ferver reduza o fogo ao mínimo e, sem tampar a panela, cozinhe por cerca de 45 minutos ou até o feijão ficar meio duro.
Coloque uma peneira sobre uma tigela grande, escorra o feijão, cubra com água fria e reserve em temperatura ambiente.
Coloque o arroz em um escorredor, lave em água corrente, escorra bem, despeje em uma tigela, cubra com água, tampe, leve à geldeira e deixe de molho por 8 horas. Escorra o arroz, junte feijão cozido, misture bem, coloque a mistura em uma panela a vapor (ou então coloque em uma peneira e encaixe na borda de uma panela com água), leve ao fogo alto, deixe ferver, tampe a panela inteiramente e deixe cozinhar por 40 minutos, acrescentando mais água à medida que for necessário (não deixe secar a água da panela).
Enquanto isto, aqueça uma panelinha em fogo alto, acrescente as sementes de gergelim e, sacudindo levemente a panela, frite por 2 a 3 minutos ou até tostar ligeiramente; retire o gergelim do fogo, passe para uma tigelinha, junte sal, aji-no-moto e misture.
Tire a mistura de feijão e arroz do fogo, passe para uma tigela de servir (ou distribua em 6 tigelinhas individuais), polvilhe gergelim tostado e sirva quente ou em temperatura ambiente.



Mapa

- Seu IP!
IP